domingo, 29 de dezembro de 2013

Renato Andrade - Siriema no Campo



Renato Andrade (Abaeté, 28/8/1932 — 30/12/2005) foi um músico compositor e instrumentista brasileiro. É considerado um dos maiores mestres da viola caipira instrumental.

Por influência familiar, Renato foi ainda jovem para Belo Horizonte estudar violino. Mais tarde, de volta à sua terra natal, apaixonou-se pelo som da viola caipira e dedicou-se completamente ao instrumento. Tornou-se um virtuoso que mesclava o erudito ao popular e introduziu a viola caipira nas salas de concerto. O primeiro trabalho solo, "A Fantástica Viola de Renato Andrade", foi lançado em 1977. Aparece ao lado de músicos como Almir Sater, Chico Lobo, Ivan Vilela e Pereira da Viola. Em 1972, teve participação importante no disco "Piano e Viola", de Taiguara.

Costumava brincar, dizendo:

“Viola é como mortadela. Todo mundo gosta, mas tem vergonha de comer na frente dos outros.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário